Retrospetiva de Sandro Aguilar na Filmadrid

08/09/2021
O trabalho do realizador e produtor português, Sandro Aguilar, estará em retrospetiva no Festival Internacional de Cinema - Filmadrid, entre 9 e 11 de setembro, na capital espanhola.
Sandro Aguilar foi escolhido para mostrar a sua obra na secção Retrospetiva em foco, na segunda parte do festival, que arranca amanhã. Durante três dias serão exibidos oito dos filmes assinados pelo realizador português, entre curtas e longas-metragens: "A Zona”, "Voodoo”, "Mercúrio”, "Armour”, "Bunker”, "Remains”, "Sinais de Serenidade por Coisas sem Sentido”, "Mariphasa”.

De acordo com o comunicado da Filmadrid "Aguilar tem vindo a construir um conceito estético único desde o início do século”. Os seus filmes exploram "através da encenação magistral as sombras de nossa sociedade, o conceito do fantasma, a fina barreira entre a vida e a morte”, acrescenta.

Sandro Aguilar nasceu em 1974 e estudou na Escola Superior de Teatro e Cinema, em Lisboa, onde realizou as suas primeiras curtas-metragens. Em 1998, foi um dos fundadores da produtora O Som e a Fúria, considerada pelos organizadores do Filmadrid como uma "mítica produtora que impulsionou os trabalhos de autores-chave como Miguel Gomes, Manuel Mozos, João Nicolau e Salomé Lamas”.



Esta será a primeira retrospetiva da obra de Sandro Aguilar em Madrid, uma oportunidade para se descobrir aquele que é intitulado pela Filmadrid como "um criador de atmosferas densas e hipnóticas”. Sandro Aguilar estará presente no certame para apresentar e discutir a sua obra.

Recorde-se que os filmes do cineasta já ganharam prémios em festivais como La Biennale di Venezia, Locarno Film Festival, Gijón, Oberhausen, Vila do Conde, Indielisboa, Montreal e foram exibidos nos principais festivais de cinema mundiais.

Mais informações em https://filmadrid.com/arranca-la-segunda-parte-de-filmadrid-2021/