Notícias

MONSTRA 2023 já tem data marcada

19/12/2022

A 22ª edição do festival de Animação de Lisboa está de volta de 15 a 26 de março de 2023 com uma extensa retrospetiva à cinematografia do Japão e mais filmes nacionais

Presença portuguesa no Festival Internacional de Cinema de Roterdão

19/12/2022

Nove filmes com assinatura portuguesa vão entrar nas competições ou ser exibidos nas secções paralelas do festival holandês. Em estreia mundial estão obras de Edgar Pêra, André Gil Mata e Mónica Lima, Diogo Baldaia e Cyrielle Raingou.

FESTin arranca a 9 de dezembro em Lisboa

05/12/2022

A 13ª edição do Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa vai contar com 40 filmes provenientes de Portugal, Brasil, São Tomé e Príncipe e Angola. Não faltará também a tradicional Mostra de Cinema Brasileiro e as sessões para crianças.

Paulo Branco vence Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura

30/11/2022

O produtor português foi distinguido com o Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura 2022, pelo "perfil independente no cinema autoral, na produção e coprodução, abrindo ao longo da sua carreira, novos percursos e olhares, construindo pontes entre a península ibérica e o resto do mundo", de acordo com a comunicação do Ministério da Cultura.

Falecimento de António da Cunha Telles

24/11/2022

Faleceu ontem o produtor e realizador António da Cunha Telles, aos 87 anos. Um nome incontornável do cinema português até ao fim da sua vida.

Cinco filmes portugueses na Netflix

04/11/2022

As longas-metragens criadas por cineastas portuguesas - “A Metamorfose dos Pássaros”, “Desterro”, “Mar”, “Simon Chama” e “Soa” - chegam a 5 de novembro aos ecrãs da plataforma de streaming.

Animações portuguesas premiadas na Coreia do Sul

03/11/2022

"Nayola", de José Miguel Ribeiro, e "Interdito a Cães e Italianos", coprodução portuguesa de Alain Ughetto, foram premiadas no Festival Internacional de Cinema de Animação de Bucheon, que terminou na terça-feira, na Coreia do Sul.

Entrevista a Luís Chaby Vaz

28/10/2022


Na edição de hoje, em entrevista a José Paiva Capucho, do Observador, Luís Chaby Vaz, presidente do Instituto do Cinema e Audiovisual falou de "melhorias a fazer" no setor, dos incentivos, do investimento estrangeiro na indústria audiovisual nacional, das obrigações de investimento, reconheceu as dificuldades das salas e admitiu que "gostaria de ter realizadores no júri dos concursos".