VISIONS DU RÉEL COM FILMES DE CLÁUDIA VAREJÃO, SÉRGIO TRÉFAUT, MIGUEL SEABRA LOPES E KAREN AKERMAN

14/04/2016
O Festival de Cinema Documental Visions du Réel selecionou Ama-San de Cláudia Varejão, Treblinka de Sérgio Tréfaut e Talvez Deserto, Talvez Universo de Miguel Seabra Lopes e Karen Ackerman para integrar a programação do evento.
É a primeira vez que Ama-San marca presença numa competição internacional, com estreia no Visions du Réel, na secção da Competição Internacional de Longas Metragens. Segundo a produtora Terratreme, esta longa metragem retrata a comunidade de mergulhadoras Aman-San, com o filme a desenrolar-se em torno de 3 delas, cada uma pertencente a uma geração distinta.

Treblinka de Sérgio Tréfaut é baseado no livro de memórias e Chil Rajchamn, um judeu sobrevivente do campo de concentração de Treblinka na Polónia, e tem o Holocausto como pano de fundo. O filme compete na secção da Competição Internacional de Médias Metragens e é produzido pela FAUX, a produtora do realizador.

Talvez Deserto, Talvez Universo, também com produção da Terratreme, chega ao Visions du Réel com dois prémios na bagagem: o Prémio do Júri e o Prémio de Melhor Filme da Competição Nacional do DocLisboa’15. O documentário integra a secção Doc Alliance Selection.

 

O consagrado festival suíço começa já amanhã, dia 15, para se prolongar até dia 23 de abril e terá lugar na cidade de Nyon.