VIENNALE 2015: PRESENÇA PORTUGUESA

23/10/2015
Entre 22 de outubro e 5 de novembro, Portugal amplamente representado na Viennale
Na secção de longas-metragens de ficção são exibidas "A Uma Hora Incerta", a mais recente obra de Carlos Saboga e a trilogia "As Mil e Uma Noites", de MIguel Gomes.
"A Toca do Lobo", de Catarina Mourão", "Rabo de Peixe"(Director's Cut), de Joaquim Pinto e Nuno Leonel, "Olmo and the Seagull", de Lea Glob e Petra Costa, coprodução entre a Dinamarca, Portugal, Brasil, Suíça e França, bem como "Visita ou Memórias e Confissões", de Manoel de Oliveira,integram a secção de documentários.
As curtas "IEC LONG", de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, e "Provas, Exorcismos", de Susana Nobre, fazem parte da programação de curtas-metragens do festival.
A Viennale, tal como tantos outros importantes festivais pelo mundo fora, presta homenagem a Manoel de Oliveira. "Tribute: Manoel de Oliveira" exibe uma extensa seleção das obras do realizador falecido em Abril do corrente ano, bem como obras de outros cineastas, relacionadas de alguma forma com a cinematografia ou figura do realizador.