TRÊS DIAS DE CINEMA PORTUGUÊS EM MACAU

08/06/2016
A 11 de junho, começa a Mostra de Cinema Português em Macau com 9 filmes portugueses em exibição.

No âmbito das comemorações do mês de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em Macau e Hong Kong, a Cinemateca Paixão, em Macau, é palco de uma mostra de filmes portugueses que dura três dias.

No próximo sábado, dia 11 de junho, o evento arranca com uma "sessão da tarde” na qual estão incluídas cinco curtas-metragens, nomeadamente: "A Caça Revoluções”, de Margarida Rêgo; "Aula de Condução”, de André Santos e Marco Leão; "Despedida”, de Tiago Rosa-Rosso; o "Rebocador”, de Jorge Cramez; "Balada de um Batráquio”, de Leonor Teles.

Nesse mesmo dia, à noite, a obra exibida será a longa-metragem "A Toca do Lobo”, de Catarina Mourão.

No domingo, vai ser exibida "Gipsofila”, de Margarida Leitão, seguida de um debate sobre a produção cinematográfica em Portugal e a sua visibilidade no mundo, no qual Margarida Moz, diretora da Portugal Film (agência que organiza o IndieLisboa) estará presente.

A noite de domingo será preenchida pela obra premiada "Os Olhos de André”, da autoria de António Borges Correia.

Por último, a sessão de segunda-feira à tarde conta com o filme coletivo "Aqui, Em Lisboa”, rodado por Denis Côté, Dominga Sotomayor, Gabriel Abrantes e Marie Losier e produzido pelo IndieLisboa. Esta longa encerra a mostra.

Todos os filmes são legendados em Inglês e a entrada é gratuita.