Surpresa vence melhor argumento no Anima Mundi 2017

26/07/2017
26/07/2017
Prémio atribuído pelo júri do festival internacional de animação, do Brasil.

A curta-metragem portuguesa SURPRESA, de Paulo Patrício, foi galardoada com o prémio do júri para melhor argumento, no Anima Mundi, festival internacional de animação, no Brasil.

Esta obra tinha já sido contemplada com o Prémio do Público, no Curtas Vila do Conde 2017, onde teve a sua estreia oficial, a 12 de julho.

O Anima Mundi comemorou, este ano, a sua 25.ª edição, tendo selecionado 345 filmes, de 45 países. De Portugal, foram apresentados, em categorias competitivas e não competitivas, onze filmes, nomeadamente:

Categoria competitiva – Curtas-metragens (Internacional)
DAS GAVETAS NASCEM SONS, Vitor Hugo (Portugal);
SURPRESA, Paulo Patrício (Portugal);
ÚLTIMA CHAMADA, Sara Barbas (Portugal, Reino Unido, Dinamarca);

Categoria Não Competitiva – Panorama Internacional
A GRUTA DE DARWIN, Joana Toste (Portugal);
LUGAR EM PARTE NENHUMA, Bárbara Oliveira, João Rodrigues (Portugal);

Categoria Não Competitiva – Futuro Animador
A ESCOLA DE OUTROS TEMPOS, Crianças das oficinas da ANILUPA da Associação de Ludotecas do Porto, turma do 4.º ano da Escola Básica de Fernão Magalhães (Portugal);
A PRAIA DE ESPINHO, Coletivo de alunos do 2.º ano da escola básico Espinho 3 (Portugal);
A RENA BELA, Crianças das oficinas da ANILUPA da Associação de Ludotecas do Porto, turma 2º B da Escola EB do Covelo (Portugal);
DESVANECENDO, Alunos da turma do 12º, sob a orientação de Sandra Santos (Portugal);
LADRÕES DE SORRISOS, Jovens da Casa da Criança, sob a orientação de Paulo D’Alva (Portugal);
O MANUAL, Alunos do 6º, 7º e 9º ano, sob a orientação de Jorge Ribeiro (Portugal).