PRODUÇÕES PORTUGUESAS NO FESTIVAL DE CINEMA DE ROTERDÃO

25/01/2017
Começa hoje, e termina a 5 de fevereiro, o Festival Internacional de Cinema de Roterdão. Conheça as produções nacionais que viajaram até à Holanda.

Foi conhecida a lista de filmes portugueses selecionados para o Festival Internacional de Cinema de Roterdão. A curta-metragem NYO VWETA NAFTA, do realizador Ico Costa, está na Tiger Competition For Short Films e terá estreia internacional neste evento.

Já na secção não competitiva, Bright Future Shorts, será exibida a curta-metragem UM CAMPO DE AVIAÇÃO, de Joana Pimenta, e na secção Bright Future temos a longa-metragem ANTÓNIO UM DOIS TRÊS, coprodução luso-brasileira assinada pelo realizador Leonardo Mouramateus.

O filme SETEMBRO, de Leonor Noivo, com produção Terratreme, encontra-se na secção não competitiva, Voices Short Film, a par com A CASA OU A MÁQUINA DE HABITAR, de Catarina Romano.  A longa-metragem O ORNITÓLOGO, de João Pedro Rodrigues, encontra-se na secção Voices.

Destaque ainda para a secção  Deep Focus 2017: Signatures, onde entram os filmes DELÍRIO EM LAS VEDRAS, de Edgar Pêra, e A MORTE DE LUÍS XIV, de Albert Serra, com coprodução da Rosa Filmes, e para Deep Focus 2017: Regained, com a obra de André Gil Mata, KAKO SAM SE ZALJUBIO U EVA RAS (Como me apaixonei por Eva Ras).

A 46ª edição do Festival Internacional de Cinema de Roterdão começa hoje, dia 25 de janeiro, e termina no próximo dia 5 de fevereiro.