PRÉMIO BÁRBARA VIRGÍNIA HOMENAGEIA LAURA SOVERAL

23/12/2016
O Prémio Bárbara Virgínia deste ano será entregue à atriz Laura Soveral numa cerimónia que irá acontecer em 2017.
O prémio Bárbara Virgínia foi instituído pela Academia Portuguesa de Cinema para homenagear uma figura feminina que se tenha distinguido no cinema português. A escolha da vencedora deste ano coube aos realizadores António Pedro Vasconcelos e Leonel Vieira, ao produtor Paulo Trancoso e aos atores Luís Lucas e Paulo Pires. A decisão de homenagear Laura Soveral prendeu-se com a "carreira ímpar” que a atriz teve "no cinema e no teatro nacional, representando um extraordinário exemplo de determinação e profissionalismo para gerações futuras”.

Laura Soveral nasceu em Angola e para além do teatro, fez televisão e cinema, sendo frequentemente convidada para declamar poemas. A sua longa experiência cinematográfica passa por filmes como "Vale Abraão”, "A Divina Comédia” e "Francisca” de Manoel de Oliveira, "Terra Sonâmbula” de Teresa Prata, "O Fatalista” e "Tráfico” de João Botelho, "Quaresma” de João Álvaro Morais, "Uma Abelha no Chuva” e "O Delfim” de Fernando Lopes e "Encontros Imperfeitos” de Jorge Marecos Duarte, entre outros. Na televisão, destacamos a sua participação no elenco da novela "Tempo de Viver” (2006) da TVI e na série "O Testamento” da RTP.

Em 2013, a sua participação no filme "Tabu”, do realizador Miguel Gomes, valeu-lhe o galardão de melhor atriz secundária nos Prémios CinEuphoria. Nesse mesmo ano, foi ainda homenageada pela Academia Portuguesa de Cinema com o Prémio Sophia Carreira.