O QUE CABE NO “HOTEL IMPÉRIO” DE IVO M. FERREIRA?

20/03/2017
O realizador português Ivo Ferreira está a terminar a rodagem de “Hotel Império”, um história que acompanha a transformação de Macau sob administração chinesa.
Depois de "Cartas de Guerra”, obra que fez parte da seleção oficial do Festival de Berlim, Ivo M. Ferreira está a terminar a rodagem da sua primeira longa-metragem centrada num local que bem conhece — Macau. 

O "Hotel Império” é um lugar simbólico — um antigo hotel que vai ser destruído para dar lugar a um edifício mais moderno. Este simbolismo está diretamente ligado ao que o realizador conhece e vive. O filme acaba por ser um "resultado destes 20 anos desde que cheguei cá a Macau”, disse Ivo Ferreira à RTP

A personagem principal, interpretada por Margarida Vila-Nova, é um espelho das principais questões levantadas pelo filme e representa a uma geração potencialmente perdida: "Ela não é chinesa nem portuguesa”. 

Apresentado no I Festival Internacional de Cinema de Macau, o filme é uma co-produção entre Portugal e a República Popular da China. 

Prevê-se que esteja finalizado ainda este ano com apresentação marcada para 2018.