NÃO CONSEGUES CRIAR O MUNDO DUAS VEZES TRAZ O RAP PARA FILME

09/01/2017
Ainda sem data de estreia, o documentário NÃO CONSEGUES CRIAR O MUNDO DUAS VEZES pretende reavivar a memória do rap. Uma viagem pelo Porto em busca da génese do rap em Portugal.

O documentário, realizado por Catarina David e Francisco Noronha, faz uma viagem pela história e memória do rap do Porto. Os realizadores destacam que o documentário incide, única e exclusivamente, sobre uma das vertentes clássicas da cultura hip hop: o rap. Ao longo do documentário assistimos a testemunhos de artistas de rap que estão no ativo, ou não, e de pessoas ligadas à música.

O título do filme, NÃO CONSEGUES CRIAR O MUNDO DUAS VEZES, reflete a "irrepetibilidade das coisas, a impossibilidade de podermos voltar ao início e refazer o mundo, a história”. Catarina David e Francisco Noronha destacam, na página criada que, embora sendo um documentário sobre "a grande história do rap do Porto e a sua genealogia, interessa-nos as pequenas histórias”. Destas destacam "as estórias e memórias individuais das pessoas”. Acrescentam que por vezes, "é nos episódios mais vulgares do quotidiano que se encontra a beleza maior das coisas.”

Por enquanto ainda sem data de estreia, pode acompanhar as novidades na página do documentário.