MORREU JEAN-LOUP PASSEK, AMANTE DO CINEMA E DE PORTUGAL

05/12/2016
Jean-Loup Passek (1934 - 2016) o homem que doou a sua coleção a Melgaço, faleceu a 4 de dezembro
Em 2005, Jean-Loup Passek (1934-2016),  crítico, programador e colecionador de cinema, viu inaugurado o Museu de Cinema em Melgaço, vila onde possuía uma residência e onde depositou todo o seu acervo de memórias cinéfilas, recolhidas ao longo de toda a sua vida.
A única retrospetiva fora de Portugal, dedicada a António Campos, foi de sua iniciativa, bem como foi da sua responsabilidade a primeira homenagem a Manoel de Oliveira, em França,  em 1975.
Õ seu percurso passou pelo Festival de Cannes, onde coordenou a categoria Caméra d'Or, pelo Festival Internacional de La Rochelle, que dirigiu entre 1973 e 2001, pelo Centro Pompidou, do qual foi conselheiro de cinema entre  1978 e 2011, e pelo Dicionário de Cinema das edições Larousse, que coordenou.