MARIA DO MAR GANHA DOIS PRÉMIOS NO FESTIVAL IBÉRICO DE CINEMA

26/07/2016
A curta-metragem de João Rosas, Maria do Mar, conquistou dois prémios na 22ª edição do Festival Ibérico de Cinema de Badajoz, Espanha.

A curta portuguesa recebeu os prémios Cexeci do Jurí Jovem e AEC para a Melhor Fotografia. Conta a história de um fim-de-semana de verão passado numa casa de campo perto de Sintra, onde Nicolau, um rapaz de 14 anos, sente-se fascinado pela bela e reservada Maria do Mar. A obra é uma coprodução entre O Som e a Fúria e a Terratreme Filmes.
Ao lado de "Maria do Mar” competiram 20 outras curtas, sendo três delas portuguesas ("Os Barcos” de Dominga Sotomayor, "Vigil” de Rita Cruchinho, e "Yulya" de André Marques).
O prémio de Melhor Curta-metragem e o Prémio ao Melhor Argumento foram ganhos pela curta-metragem "Classmate", do diretor espanhol Javier Marco Rico e da guionista espanhola Belén Sánchez-Arévalo.

Para mais informações, consulte a página oficial do festival.