JÁ SÃO CONHECIDOS OS VENCEDORES DESTA EDIÇÃO DO CINANIMA

14/11/2016
“Entre as Ondas Negras” da Rússia foi distinguido com o Grande Prémio CINANIMA 2016.

Terminou ontem a 40ª edição do CINANIMA, o festival de cinema de animação em Espinho, onde se ficaram a conhecer os filmes vencedores. A edição deste ano decorreu de 7 a 13 de novembro e celebrou os 40 anos do festival mais antigo de Portugal.

O grande vencedor desta edição foi "Entre as Ondas Negras” de Anna Budanova, da Rússia, e foi distinguido com o Grande Prémio CINANIMA. O português "Estilhaços” de José Miguel Ribeiro ganhou o Prémio Especial do Júri. Quanto ao Prémio do Público foi para o filme francês "A Mesa” de Eugène Boitsov, que ganhou ainda o Prémio Alves Costa para Melhor Filme até 5 minutos. O Prémio Melhor Longa-Metragem foi para o filme espanhol de Alberto Vázquez e Pedro Rivero "Psiconautas, as Crianças Esquecidas”. De entre os vencedores portugueses encontramos ainda "Pronto, Era Assim” de Joana Nogueira e Patrícia Rodrigues que foi distinguido com o Prémio Melhor Documentário de Animação.

Na Competição Nacional, "Estilhaços” ganhou o Prémio António Gaio e "Fim de Linha” de Paulo D’Alva e António Pinto levou a Menção Honrosa.
O Prémio Jovem Cineasta Português Maior de 18 anos foi para "Pronto, Era Assim” e "Lugar em parte nenhuma" , de Bárbara Oliveira e João Rodrigues recebeu uma Menção Honrosa.
Na categoria de Menor de 18 anos a obra vencedora foi "Uma Família Portuguesa, Sem Certeza” do Colectivo de Alunos da Escola Secundária da Lousada. Nesta categoria mereceu ainda uma Menção Honrosa a animação "Nós e o Mundo", realizada no âmbito das Oficinas da Anilupa, por alunos do Centro de Reabilitação da Granja.

Consulte todos os premiados no site do CINANIMA.