FILME PORTUGUÊS ENTRE OS MELHORES DE 2015 PARA A CAHIERS DU CINÉMA

04/12/2015
A trilogia de Miguel Gomes, “As Mil e Uma Noites”, arrecadou mais uma distinção.

A obra do realizador português não para de atrair a atenção e o reconhecimento internacional. A prestigiada revista Cahiers do Cinéma atribuiu à trilogia o 8º lugar na lista dos melhores do ano e é a única criação portuguesa a figurar no ranking.

Não é a primeira vez que o trabalho de Miguel Gomes é destacado pela revista francesa. Em 2012, a Cahiers du Cinéma considerou "Tabu” o 8º melhor filme do ano.

A lista foi divulgada inicialmente no Twitter e contemplou os filmes lançados entre 17 de dezembro de 2014 e dezembro de 2015.



A lista completa

1 – Minha Mãe, de Nanni Moretti (Itália)

2 – Cemetery of Splendor, de Apichatpong Weerasethakul (Tailândia)

3 – In the Shadow of Women, de Philippe Garrel (França)

4 – The Smell of Us, de Larry Clark (França)

5 – Mad Max: Estrada da Fúria, de George A. Miller (EUA)

6 – Jauja, de Lisandro Alonso (Argentina)

7 – Vício Intrínseco (Inherent Vice), de Paul Thomas Anderson (EUA)

8 – As Mil e Uma Noites, de Miguel Gomes (Portugal)

9 – The Summer of Sangaile, de Alante Kavaite (Lituânia)

10 - Journey to the Shore, de Kiyoshi Kurosawa (Japão)