DOCLISBOA: OS PREMIADOS PORTUGUESES

02/11/2015
O Doclisboa 2015 terminou no dia 1 de novembro. Fique a conhecer os premiados portugueses no festival.

Na Competição Internacional do Doclisboa destacamos a curta-metragem de Manuel Mozos "A Glória de fazer Cinema em Portugal", que recebeu a Menção Honrosa do Júri, e "And when I die I won't stay dead", de Billy Woodberry, uma coprodução entre Portugal e os EUA, que foi distinguida com o Prémio RTP para Melhor Documentário de Investigação.

Na Competição Portuguesa, "Rio Corgo”, de Maya Kosa e Sérgio da Costa, venceu o Prémio Liscont para Melhor Filme. "Talvez Deserto Talvez Universo”, de Karen Akerman e Miguel Seabra Vasconcelos, arrecadou o Prémio Íngreme e ainda o Prémio Escola António Arroio. O Prémio do Público — Prémio Jornal Público, que é atribuído ao melhor Filme Português transversal a Competição, Riscos e Heartbeat foi para "Phil Mendrix”, de Paulo Abreu, enquanto que "Setil”, de Tiago Siopa, recebeu a Menção Honrosa do Júri da Competição Portuguesa.