A Floresta das Almas Perdidas ganha prémio em Bilbao

15/05/2017
A longa-metragem portuguesa, realizada por José Pedro Lopes, recebeu o prémio de Melhor Filme, na competição Panorama do Fantástico, na 27.ª edição do Festival de Cinema Fantástico de Bilbao, em Espanha.

A FLORESTA DAS ALMAS PERDIDAS, agora premiada no Festival de Cinema Fantástico de Bilbao, estreou no Fantasporto 2017 e chega aos cinemas portugueses em outubro. A sinopse conta que numa floresta densa e remota, o local mais popular para a prática do suicídio em Portugal, dois estranhos conhecem-se. Ele é um pai de família à procura do local onde a sua filha morreu. Ela é uma jovem com uma paixão pela morte. Mas um deles não é quem diz ser.

O filme, produzido pela Anexo 82 em parceria com o Studio 2203, o coletivo Creatura e a Agente a Norte, foi apoiado pela Fundação GDA e conta com Daniela Love, Jorge Mota, Lígia Roque e Mafalda Banquart no elenco.

Em Junho, A FLORESTA DAS ALMAS PERDIDAS participa no Festival de Cinema de Sydney, integrando a secção Freak Me Out, dedicada ao cinema fantástico mundial.