A Fábrica de Nada premiado em Cannes

29/05/2017
Longa-metragem de Pedro Pinho, A FÁBRICA DE NADA, venceu o prémio da crítica internacional, no Festival de Cinema de Cannes.
A Federação Internacional de Críticos de Cinema (FIPRESCI) distinguiu o trabalho do realizador português com a atribuição do Prémio Internacional dos Críticos, no festival de Cinema de Cannes.

De salientar, igualmente, que, de acordo com os dados recolhidos no decorrer no Festival de Cannes, A FÁBRICA DE NADA surge no rating da crítica como o melhor filme de todas as secções do festival.

O Prémio FIPRESCI é atribuído todos os anos em três categorias: na Selecção Oficial é entregue nas secções Competição e Un Certain Regard, sendo reservado um galardão para os programas paralelos – Semana da Crítica e Quinzena dos Realizadores.

Com produção da Terratreme, A FÁBRICA DE NADA é uma longa-metragem de ficção sobre os dias que se vivem, entre empresas que fecham e outras que se tentam salvar, pela força e vontade dos seus trabalhadores. Passado na zona industrial de Alverca, o filme trabalha a relação entre um trabalhador e um realizador que procura fazer um filme a partir de uma fábrica em processo de falência.