A FÁBRICA DE NADA NA QUINZENA DOS REALIZADORES, EM CANNES

26/04/2017
O realizador Pedro Pinho integra a programação da Quinzena dos Realizadores, no Festival de Cinema de Cannes, com o filme A FÁBRICA DE NADA.

Por decisão da organização, o filme A FÁBRICA DE NADA, de Pedro Pinho foi adicionado em "sessão especial” na Quinzena dos Realizadores, do Festival de Cinema de Cannes.

Este é um "filme original que varia entre o drama íntimo, a comédia social realista e inclui um momento musical", destacou o responsável pela Quinzena dos Realizadores, Édouard Waintrop, no Twitter.

A FÁBRICA DE NADA é a primeira longa-metragem de ficção de Pedro Pinho e é a estreia do realizador em Cannes. Este filme, rodado entre 2014 e 2015, conta a história de um grupo de operários que tenta salvar uma fábrica que vai ser deslocalizada. É também a primeira longa-metragem portuguesa que integra a Quinzena dos Realizadores, numa programação que já inclui duas curtas-metragens nacionais: FARPÕES, BALDIOS, de Marta Mateus, e ÁGUA MOLE, de Laura Gonçalves e Alexandra Ramires (Xá).

Além desta presença portuguesa na Quinzena dos Realizadores, Cannes recebe ainda as duas coproduções Luso-Francesas COELHO MAU, curta-metragem de Carlos Conceição, e LOS PERROS, longa-metragem de Marcela Saïd, selecionadas para integrar a 56.ª Semana da Crítica.

A Quinzena dos Realizadores é um programa paralelo do Festival de Cinema de Cannes que decorre de 18 a 28 de maio.