A 14ª EDIÇÃO DO DOCLISBOA FOI HOJE APRESENTADA

26/09/2016
De 20 a 30 de outubro, vinte filmes portugueses são apresentados no festival de cinema documental.
O Doclisboa começa no próximo dia 20 de outubro, às 21h30, no Grande Auditório da Culturgest. O filme de abertura é "Oleg y las Raras Artes” de Andrés Duque.

Durante 11 dias o festival irá passar ainda pelo Cinema de São Jorge, pela Cinemateca Portuguesa e pela Fundação Calouste Gulbenkian. Sobre o Doclisboa, a diretora do festival Cíntia Gil acredita "que finalmente chegámos a um momento em que a programação do Doclisboa assume que a imaginação e o real são partes intrínsecas um do outro.”.

O Doclisboa continua a defender a diversidade no documentário com "Por um Cinema Impossível, Documentário e Vanguarda em Cuba” como exemplo — 12 sessões temáticas sobre o documentário cubano, uma co-produção com o Museu Rainha Sofia de Madrid.

Na sessão de encerramento, dia 29, estreia "Nos Interstícios da Realidade ou o Cinema de António de Macedo”, a primeira obra de João Monteiro. A escolha deste filme para o encerramento significa "falar da gestão de uma certa memória do cinema português que se faz permanentemente, mas também propor uma outra maneira de olhar para ele”, afirma Cíntia Gil.

Consulte toda a programação na página do Doclisboa.