3ª EDIÇÃO DO FRONTEIRA: REALIZADORA PORTUGUESA HOMENAGEADA E 3 CURTAS METRAGENS EM COMPETIÇÃO

10/03/2017
A cineasta portuguesa Rita Azevedo Gomes estará em destaque na 3ª edição do Fronteira - Festival Internacional do Filme Documentário e Experimental. Em competição há 3 curtas-metragens portuguesas.

Entre os dias 16 e 25 de março o cinema nacional voa até Goiânia, Brasil, e estará representado por Rita Azevedo Gomes, que será homenageada e por 3 curtas metragens em competição: UM CAMPO DE AVIAÇÃO, de Joana Pimenta, A BRIEF HISTORY OF PRINCESS X , de Gabriel Abrantes e SETEMBRO, de Leonor Noivo, uma coprodução entre Portugal e Bulgária.

Na homenagem a Rita Azevedo Gomes, com uma carreira de mais de 30 anos, será apresentada uma retrospectiva que integra os principais trabalhos da realizadora.
Nesta 3ª edição do Fronteira - Festival Internacional do Filme e do Documentário foram selecionadas 6 longas e 16 curtas-metragens, vindos dos mais diversos países como Portugal, Brasil, Colômbia, Equador, Argentina, México, Síria, EUA, Jamaica, Espanha, França, Reino Unido e Filipinas. Das 3 curtas-metragens nacionais que estarão em competição, há duas que terão a sua estreia na América Latina: A BRIEF HISTORY OF PRINCESS X e SETEMBRO.

O FRONTEIRA é um festival de cinema internacional que se dedica a filmes que resistem a formas predominantes da linguagem cinematográfica e que oferecem novas formas de ver, pensar e perceber a realidade.