ROTERDÃO ANUNCIOU OS PRIMEIROS FILMES EM COMPETIÇÃO

06/01/2016
O Festival Internacional de Cinema de Roterdão revelou os oito filmes que vão estar em competição na secção Hivos Tiger Awards. Um dos filmes é uma produção luso-brasileira.

É no final do mês que arranca a prestigiada 45ª edição do Festival Internacional de Cinema de Roterdão. O festival decorrerá de 27 de janeiro a 7 de fevereiro e o filme A cidade onde envelheço, de Marília Rocha, foi uma das obras escolhidas para a secção Hivos Tiger Awards. 

 

Envelhecer no Brasil

Coproduzido pela Terratreme (Portugal) e Anavilhana Filmes (Brasil), A cidade onde envelheço é a primeira obra de ficção da documentarista Marília Rocha. O filme retrata o quotidiano de Rita, uma jovem portuguesa que se muda para Belo Horizonte para um trabalho de 6 meses e que acaba por não querer voltar para Lisboa. Chega sozinha, vem para uma curta temporada, mas decide (re)construir a vida no Brasil. A cidade onde envelheço vai entrar na competição Hivos Tiger Awards, secção criada em 1995 e que pretende relevar e promover os novos cineastas. O prémio principal é de 40 mil euros. 






Os 7 outros filmes em competição

Para além de A cidade onde envelheço, a competição faz uma autêntica volta ao mundo, passando pelos EUA, Paraguai, Qatar, Bélgica, Holanda ou Argentina.  E, tal como a coprodução luso-brasileira, a maioria dos filmes terá a sua estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Roterdão.







History’s Future
é um docuficção que retrata uma Europa em tumulto;

The Land of the Enlightened é um documentário que mostra crianças a brincar com minas soviéticas;

Motel Mist e Oscuro animal revelam-nos 3 mulheres forçadas a sair de casa devido à guerra na Colômbia;

Radio Dreams, que conta com  a participação de Lars Ulrich, mostra-nos o encontro entre a primeira banda de rock do Afeganistão e a banda de Lars Ulrich, os Metallica;

A Woman, a Part debruça-nos sobre uma atriz de meia-idade que abandona a carreira televisiva e parte para Nova Iorque para se reinventar;

E em La ultima tierra, acompanhamos um casal de idosos a viver isolados numa colina. 

Há mais Portugal em Roterdão

Há uma curiosidade sobre o a competição Hivos Tigers Awards: no júri do festival, vai estar Miguel Gomes. O realizador português tomará as suas decisões juntamente com a realizadora Anocha Suwichakornpong, o critico de cinema Peter van Bueren e o diretor do Festival de Cinema de Viena, Hans Hurch. 







Destacamos ainda a presença de Montanha, de João Salaviza, na secção Bright Future do festival. Na mesma secção, estará Fado, do realizador alemão Jonas Rothlaender, filme rodado em Lisboa e Berlim e que conta com atores portugueses no elenco, casos de Albano Jerónimo, Duarte Grillo e Isabel Abreu







O vencedor da competição Hivos Tigers Awards será anunciado na cerimónia de entrega de prémios marcada para dia 5 de fevereiro. Até dia 27 de janeiro,  estaremos atentos às novidades que forem divulgadas. Acompanhe também tudo sobre o Festival Internacional de Cinema de Roterdão na página oficial do evento.